[im] mortalità

immortalita
Uma vídeo instalação site-specific exibida no porão da Galeria de Arte El Aleph (Roma), instalada em uma casa muito antiga em Roma, que traça um paralelo entre as cidades de Roma e São Paulo através das ruínas. Acompanhavam a instalação uma série de ampliações destas composições em vidro, criando no térreo, para o público que vinha da rua, uma passagem gradual para este espaço subterrâneo.

IIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

2005 _ TRANSLOCAL URBANITIES > LOVE POLITICS, YOKOHAMA ART MUSEUM, JAPÃO

2004 _ BODY & POLITCS, IMAGE FORUM, TOKYO, JAPÃO
http://www.imageforum.co.jp/cinematheque/854/index.html

2003 _ GALERIA EL ALEPH, ROMA, ITÁLIA

IIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

2003, São Paulo, Roma, Brasil, Itália.
10 minutos

montagem de RACHEL ROSALEN a partir das imagens de São Paulo do vídeo FLUORESCÊNCIAS (ver créditos do vídeo abaixo)
FLUORESCÊNCIAS

direção, criação e roteiro: RACHEL ROSALEN
assistência de direção e produção: ANDRÉA PASQUINI
negativos: DIGITAL FILMES/ SÉRGIO MARTINELLI
fotografia: HÉLCIO ‘ ALEMÃO’ NAGAMINE
primeiro assistente: EDUARDO DE ANDREA – KIKO
segundos assistentes: ÉRIK MAMMOCCIO e REGIS MAXIMILLIAN
telecinagem: MÁRCIO PASQUALINO
edição: EDU GEHRKE / VIDECOM
finalização: ROBSON SARTORI/ ESPAÇO DIGITAL
composição de letreiros: RENATO FRANÇA/ ESPAÇO DIGITAL
música: WILSON SUKORSKI
apoio: ESPAÇO DIGITAL, DIGITAL FILMES, VIDECOM, ESTÚDIOS MEGA, FALLMS FILMS, JKL CINEMATOGRÁFICA.